segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Nomes para Cachorro: Como Escolher o Melhor?

Reações: 
Como escolher o melhor nome para cachorro pode parecer uma coisa simples, mas muitas vezes é motivo de brigas e discussões entre a família.

Outras vezes, ficamos na dúvida, pois são vários nomes para cachorro que aparecem e que gostamos, mas a decisão final por vezes é bem complicada.

Neste artigo eu vou te dar 4 dicas de Nomes Para Cachorro e como você poderá escolher o melhor para o seu cachorro!

1 – Preferencialmente use nomes curtos.

Usar nomes curtos facilita a compreensão pelo seu cachorro, principalmente quando filhote. Nomes muito grandes, além de serem ruins de serem pronunciados, podem confundir o cachorro.

Cães costumam responder melhor a nomes de duas sílabas.

Eu juro que já conheci um cachorro que se chamava Desdentado, simplesmente por que quando foi adotado ele não tinha um dos dentes...

Agora fale você em voz alta esse nome... fica até ruim pra falar, né? DES-DEN-TA-DO


2 - Relacionar o nome do cachorro com o seu temperamento.


 Eu sei que é difícil conhecer o temperamento que um cachorro terá, mas quando filhote, já conseguimos perceber se ele é mais quieto, mais agitado, mais brincalhão, mais dorminhoco...

Alguns nomes costumam vir do comportamento, como por exemplo: Soneca; Pipoca;




3 – Relacionar o nome do cachorro com a sua raça.


Algumas raças possuem características mais marcantes, como o comportamento de defesa/ agressividade ou de companheirismo/carinho e, sendo assim, é legal colocar um nome que reforce essa característica, se assim você desejar.

Por exemplo: Hulk, Lobo, Thor... ou Simba, Bart, Nemo...



4 – Um nome que você goste muito!

Isso é óbvio, né? Mas o que eu quero dizer com isso...
Muitas vezes temos algum personagem favorito de algum desenho ou filme, que nos marcou de forma positiva.

Isso faz com que cada vez que chamarmos nosso cachorro pelo nome, ficaremos sempre um pouco mais feliz por lembrar deste personagem.

Alguns eu já até citei aqui: Hulk,  Thor, Simba... agora também existem aqueles que são cães famosos do cinema ou de histórias em geral, como Scooby, Snoop, Marley, Bolt, Beethoven, Lassie, Mylow, Skip, Bud


Agora, mais importante do que escolher um bom nome, é fazer com que o seu cachorro sempre associe o nome a uma coisa muito boa!

Ou seja, no início, quando você ainda estiver ensinando o nome dele, você deve sempre fazer festa, dar muito carinho e às vezes até oferecer alguns petiscos falando o nome dele.

Um erro muito comum que vejo as pessoas fazendo é dando bronca no cachorro chamando ele pelo nome.

Já começa que dar bronca não é recomendado... falando o nome dele, menos ainda!

Por exemplo: Thor, sai de cima do sofá!

Se o número de broncas ou chamadas de atenção for muito grande e constante, você concorda que quando ele ouvir o nome dele, pode começar a achar que vai vir uma bronca junto?

Um outro exemplo muito comum... chamar o cachorro para tomar banho pelo nome. Se ele gosta de tomar banho, está ótimo, pode continuar! Mas se ele não gosta de tomar banho, simplesmente pegue-o e leve para dar o banho, sem falar nada.

Outra dica é evitar nomes que se assemelham com comandos de adestramento, como Flika (fica) ou Dão (não) por exemplo.

Segue aqui algumas sugestões de nomes de cães famosos:

Astor
Argos
Bandit
Beethoven
Benji
Bidu
Bingo
Bobby
Bud
Floquinho
Fluke
Lady
Laika
Lassie
Oto
Pluto
Rintintin
Scooby

E agora, ficou mais fácil escolher?

Texto: Dr. Alexandre Figueiredo

terça-feira, 26 de julho de 2016

Olimpíadas 2016: Como proteger o seu cachorro?

Reações: 

Sim! Como proteger o seu cachorro durante as Olimpíadas 2016 no Rio de Janeiro?


Muitas pessoas já estão se preparando para a chegada das Olimpíadas 2016 no Rio de Janeiro. Já compraram seus ingressos para os jogos, já compraram bandeiras e camisas do Brasil e já estão na expectativa para o início dos jogos.

Por outro lado, muitas pessoas também não estão tão empolgadas com as Olimpíadas 2016... Na verdade, muitas delas vão até sair da cidade para não ter que ficar no Rio de Janeiro durante os jogos Olímpicos.

Mas afinal de contas, o que isso tem a ver com o fato de você ter que saber 
Como Proteger o seu Cachorro durante as Olimpíadas 2016 no Rio de Janeiro?

Bem, como em todo grande evento que acontece na cidade maravilhosa, milhares de pessoas são esperadas para ocupar os hotéis, hostels e albergues do Rio de Janeiro.

A grande diferença é que esse grande número de pessoas vai ficar pelo menos 20 dias na cidade!


Então, vamos pensar nas consequências para você, mas principalmente para o seu cachorro, ok?

Imagine aquele seu passeio matinal com seu cachorro na calçada da rua ou mesmo na calçada da praia... agora multiplique o número de pessoas que normalmente frequentam este local por 2, 3, 4 ou mais vezes.

Pronto! Agora você vai ter uma rua cheia de gente e, dependendo do local e horário, completamente lotado de pessoas!

Então, a primeira coisa que você deve fazer para proteger o seu cachorro é:

1)   Não leve seu cachorro para passear em locais com grande quantidade de pessoas!

Nestes locais, várias coisas podem acontecer:

- Copos e garrafas de vidro quebradas no chão, que poderiam ferir a pata do seu cachorro.

- Pessoas de outros estados, cidade e país, que podem não gostar de cachorro e com isso, podem até maltratá-lo.

- Seu cachorro poderá ficar extremamente estressado com a quantidade de gente e barulho, podendo até fazer com que ele se solte da guia ou tentar atravesse uma rua sem que você perceba, já imaginou?

- Nesses eventos é muito comum o uso de fogos para comemorar uma conquista ou simplesmente porque a pessoas que estão soltando não tem filhos nem cachorros para se importar com eles.

A audição dos cães é muito mais aguçada que a nossa e esses fogos e rojões podem levar a sérios traumas ao seu melhor amigo, além do estresse e as consequências que eu citei acima.


Veja aqui abaixo um vídeo sobre como agir com seu cachorro na presença de fogos de artifício.

2)   Cuidado também com o roubo de cães de raça!

Sim, é verdade!

O roubo de cães de raça, principalmente as de pequeno porte e de grande valor, tem aumentado no Rio de Janeiro. E durante as Olimpíadas, isso pode se tornar mais frequente, pela facilidade que será uma pessoa sair com um cachorro roubado e se misturar na multidão.

Já escrevi um artigo falando sobre como evitar roubo de cães, você pode ler aqui depois.

E por último, mas muito importante também.

3)   Se você for a alguma partida ou evento durante as olimpíadas, certifique-se de deixar o seu cão em casa com água a vontade (não precisa deixar comida, a não ser que você vá ficar mais de 12 horas fora de casa).

Procure deixar a televisão ou rádio ligado, para que os barulhos dos fogos não incomodem tanto e ele não se sinta tão sozinho. Deixe as janelas apenas com 2 dedos de abertura, para que abafe um pouco o som, mas não fique totalmente fechado o ambiente.

Você deve tomar mais cuidado se o seu cachorro for extremamente nervoso e estressado com fogos... se for o caso, procure o médico veterinário de sua confiança e veja se é possível fazer uma medicação que o deixe mais tranquilo e relaxado durante a sua ausência.

Mas cuidado, só faça isso com a orientação de um médico veterinário!

No mais é isso... atenção durante esse período!


sábado, 4 de junho de 2016

POR QUE OS CÃES ESTÃO VIVENDO MAIS?

Reações: 

Essa pergunta pode parecer estranha ou até engraçada para você?

Pois o que eu ouço mais na minha rotina é que os cães estão adoecendo mais nos dias atuais do que antigamente.

Ah! Talvez agora você tenha concordado, certo?

Então, deixa eu explicar uma coisa para você.


Antigamente, cerca de uns 30 anos atrás, os cães eram alimentados basicamente com o que sobrava da comida dos seus donos ou em situações piores, comiam apenas fubá e arroz.

E nesta época, a expectativa de vida de um cão de porte médio era cerca de 7 anos.
É claro que sempre tinham aqueles que viviam mais tempo, mas eram uma exceção.

Já atualmente, a expectativa média de um cão de porte médio é de 14 anos. Ou seja, dobrou o tempo de vida dos nossos melhores amigos! =D

Agora, o que acontece quando se vive mais?

As doenças que começam a atingir os animais idosos começam a se tornar mais frequentes e com isso, nossos pets acabam vindo a falecer por conta dessas doenças...

E a principal delas é o câncer.

E eu tenho ouvido também bastante pessoas dizendo que as rações são os motivos pelos quais os pets tem tido mais câncer que antigamente... e como eu já mencionei, antigamente os animais viviam menos e com isso, não dava tempo de desenvolverem o câncer, na maioria das vezes.

E agora, com esse aumento da expectativa de vida, o câncer se torna cada vez mais frequente.

Mas tem outro motivo para que isso aconteça.

A medicina veterinária tem avançado muito nos últimos anos, principalmente na área de diagnóstico por imagem e tratamento.


Sendo assim, mais animais estão sendo diagnosticados com essa ou outras doenças, que antigamente não eram observadas e dizia-se que os animais morriam de velhice, quando não se sabia a causa.

E além disso, estão sendo tratados mais precocemente, o que ajuda a controlar mais rapidamente a doença ou até mesmo eliminá-la!

As rações vieram a facilitar a alimentação dos nossos pets e já tem uns anos, que as rações melhoraram muito de qualidade, incluindo todos os nutrientes necessários e balanceados para a nutrição dos nossos pets.


É claro que eu não posso generalizar.

Existem rações de excelente qualidade e rações de qualidade muito baixa.

Eu já escrevi um artigo falando sobre os diferentes tipos de ração, você pode ler ele aqui.

Ah, mas e a alimentação natural para cães? Não é boa?

Sim! A Alimentação Natural é muito boa, mas tem que saber fazer de forma que ela fique balanceada e esteja de acordo com o seu cão. Pois um cão filhote, precisa de uma certa quantidade de nutrientes, que é completamente diferente de um cão idoso, por exemplo.


Alimentação natural está longe de ser apenas dar arroz, cenoura e peito de frango... é muito mais que isso. E por isso dá trabalho. Mas quem tem disponibilidade de tempo ou tenha alguém que possa preparar com as devidas orientações, é muito bem recomendada e até melhor que as rações convencionais.

Alguns animais alérgicos, onde não se consegue eliminar o problema da alergia, quando passam para alimentação natural sob a orientação adequada, conseguem melhorar rapidamente do seu problema alérgico.

Um bom guia de Alimentação Natural para cães, você pode encontrar aqui.


Espero que seu melhor amigo viva muitos anos ao seu lado e com qualidade de vida, seja comendo uma ração de boa qualidade ou uma alimentação natural bem feita e com orientação.